Aperfeiçoamento em Dependência Química – Formação de monitor

A realidade do cenário atual nas comunidades terapêuticas, exigem equipes competentes, comprometidas e motivadas por suas responsabilidades no trabalho. Portanto, a ênfase está na concepção do ser humano a partir da lógica de um ser “bio-psico-social-espiritual”. Um ser humano de possibilidades e com potencialidades a serem desenvolvidas. 
Cada organização deve criar um ambiente no qual todo pessoal se sinta estimulado a usar os talentos e as habilidades interpessoais para que a organização se torne a melhor naquilo que faz. Para corresponder às exigências do momento atual, apresentando resultados com qualidade, é necessário investir na qualidade de vida e formação de pessoas, pois é improdutivo exigir qualidade de serviço, se não houver a condição básica que é a qualidade de pessoas.

Prof. Dr. Rolf R. Krüger
Coordenador do Curso
rolf.kruger@flt.edu.br

O curso tem como objetivos:
• Capacitar e qualificar pessoas que atuam voluntariamente ou não em comunidades terapêuticas acolhedoras e afins em todo território nacional;

• Estimular o público alvo a buscar atualização quanto às diretrizes do tratamento de pessoas que tenham transtornos pelo uso de substâncias psicoativas – SPA; 
• Disponibilizar informações que priorizam o desenvolvimento de ações que expressam a valorização da vida;
• Promover a autonomia e melhorar as relações sociais, também daqueles que ajudam no processo de tomada de decisão pela abstinência;
• Proporcionar aos participantes uma visão global baseada em evidências científicas, e unindo as orientações diaconais, para o público que busca educação continuada e constante aperfeiçoamento na área da dependência química; 
• Capacitar voluntários e o monitor de Comunidades Terapêuticas e afins nos procedimentos diários de uma Comunidade Terapêutica Acolhedora;
• Atender o monitor de Comunidade Terapêutica Acolhedora e Afins que normalmente não têm graduação de ensino superior.

Temas:

• A importância das Atividades Práticas na Comunidade Terapêutica;
Acolhimento com encaminhamento judicial;
• As diretrizes da Vigilância Sanitária – ANVISA;
• Aspectos práticos da RDC-029;
• Atribuições do Monitor Comunidade Terapêutica;
• Atuação do Psicólogo na Comunidade Terapêutica;
• Codependência;
• Comorbidades Associadas ao uso de Substâncias Psicoativas;
• Estruturas e Organização do Grupo de Apoio Cruz Azul no Brasil.
• Grupo Operativo uma ferramenta na Comunidade Terapêutica;
• Habilidades sociais e psicológicas do Dependente Químico;
• Organizações e funcionalidade interna da Comunidade Terapêutica: 5SsPOPsEPIs;
• Perfil do Dependente Químico;
• Prevenção da Recaída;
• Processo de Acolhimento: Entrevista, contato com a família, contrato de tratamento, questões financeiras, dia de visita de família, ficha individual e técnicas de acolhimento;
• Reinserção social, como um dos objetivos a serem alcançados no atendimento I e II;
• Resolução 01/2015 CONAD – Marco Regulatório das Comunidades Terapêuticas;
• Resolução de Conflitos.

O curso foi pensado e planejado para:
Monitores, ex-residentes, auxiliares, voluntários, leigos, obreiros e voluntários de Igrejas, facilitadores de grupos de e apoio, colaboradores de Comunidades Terapêuticas – CTs e demais interessados na área da dependência química, com ou sem formação secundária, sem ou pouca experiência em CT.

Documentos para Matrícula, a serem entregues apenas na primeira aula, por ocasião do início do curso:
– Cópia simples da carteira de identidade.
– 01 foto recente.

Você gostaria de levar esse curso para sua cidade ou região? Torne-se nosso/a parceiro/a!
Seguem algumas orientações necessárias para concretizar tal empreendimento:
1) Esse curso é coordenado por docentes da FLT. Havendo interesse em levar o curso para um novo local, entre em contato para obter orientações: Prof. Dr. Rolf R. Krüger (rolf.kruger@flt.edu.br) ou (cursos@flt.edu.br);
2) Para viabilizar a oferta do curso em sua cidade, faz-se necessário encontrar um/a parceiro/a que assuma atividades de coordenação/secretaria no novo local de oferta, e que se dispusesse a:
a)Ajudar na divulgação do curso, visando formação de uma turma de 25 alunos;
b) ajudar na busca de um local para a realização do curso – preferencialmente com um custo acessível;
c) durante o curso organizar o coffe break (encomendar em alguma panificadora e arrumar a mesa nos intervalos) – a FLT reembolsa as despesas;
d) fazer os serviços de secretaria. Seria uma espécie de ponte entre a turma e o(s) coordenador(es) do curso ou também com os setores acadêmico e administrativo-financeiro da FLT, sempre que necessário;
e) fazer as reservas de hotel para os professores.
3) A FLT coloca toda a estrutura de marketing à disposição, incluindo a produção de todos materiais e mídias de divulgação e o reembolso de eventuais despesas de divulgação previamente autorizadas.
4) A contrapartida da FLT para a pessoa que se torna parceira da FLT é a gratuidade do curso.

Seja parceiro/a da FLT e leve esse curso para sua cidade e região!

Turmas em oferta

Você tem interesse nesse curso?

O curso de Aperfeiçoamento em Dependência Química – Formação de Monitor é a sua oportunidade para estudar com qualidade técnica, contando com professores comprometidos com a sua formação, competentes e qualificados.

CLIQUE AQUI: Registre seu interesse no curso

Turmas em andamento

Blumenau / SC

Docentes do Curso

× Como posso te ajudar?