Uma das regras de toda boa interpretação é entender a estrutura do texto que se está estudando.
Levando em conta a macroestrutura abaixo, tente “detalhar” ainda mais a estrutura do salmo, preenchendo o formulário abaixo.

1. Síntese do salmo: confissão de fé sobre a bondade de Deus (v. 1)
2. Lamento individual: prosperidade dos ímpios e sofrimento dos justos (v. 2-16)
2.1. Retrospectiva: a crise de fé do salmista (v. 2-3)
2.2. A prosperidade dos ímpios (v.4-12)
[Escreva abaixo como cada versículo descreve a prosperidade do ímpios.]

2.3. Os sofrimentos do salmista [como um “justo”] (v. 13-16)
[descreva abaixo como transparece em cada versículo o sofrimento do salmista]

3. Hino de confiança em Deus: destino dos ímpios e dos justos a partir do “fim” (v. 17-26)
3.1. Superação da crise de fé: ver a vida a partir do “santuário” de Deus e do “fim” (v. 17)
3.2. O destino final dos ímpios (v. 18-20)
[escreva abaixo como cada versículo apresenta o destino final do ímpios]

3.3. O destino final do salmista [como um “justo”] (v. 21-26)
[escreva abaixo como cada versículo retrata o destino final do justo]

4. Resumo dos ensinos do salmo (v. 27-28)

× Como posso te ajudar?