Manter o foco nos estudos é uma das tarefas mais difíceis que um aluno pode enfrentar. Independentemente para o que você está estudando, saiba que é normal perder a concentração durante o processo.

Se a sua cabeça está cheia de preocupações, cobranças externas e de si próprio, responsabilidades, exaustão, ansiedade, entre outras coisas, é hora de parar, ter calma e tomar algumas medidas necessárias para não perder mais o foco nos estudos.

Para te ajudar a retomar o controle da sua mente e a superar as distrações, preparamos este blog. Ao longo do texto você encontrará dicas e como colocá-las em prática. Boa leitura!

Por que nos distraímos?

Nos distraímos porque é algo natural dos seres humanos. É praticamente impossível alguém passar o dia inteiro focado em uma atividade, pois existem muitos fatores que nos impedem: alguém pedindo uma informação, o barulho do trânsito, uma ligação, uma conversa dos colegas ao lado, a ida ao banheiro, a obra dos vizinhos, entre outros pontos que não temos como listar tudo aqui.

É claro que não deixaríamos de falar da maior vilã da concentração dos dias atuais: a internet. Quantas vezes você já se pegou com aquela vontade irresistível de olhar as redes sociais e largou tudo para fazer isso? Sim, sabemos que foram muitas.

De acordo com a matéria feita pela BBC News, a falta de atenção pode ser reconhecida como uma doença do século 21 e isso se deve a interferência da tecnologia no nosso dia a dia.

Ainda segundo a reportagem, um estudo feito pela Microsoft em 2015 revelou que, em média, o nível de atenção dos humanos caiu de 12 segundos no final do século passado para oito segundos no novo milênio.

Porém, especialistas dizem que isso não significa que estamos ficando menos inteligentes, mas que nosso cérebro apenas não está preparado para receber tantas informações ao mesmo tempo.

O texto da BBC diz também que na troca de uma tarefa para outra, o cérebro usa glicose e oxigênio e, conforme se esgotam, ficamos com uma sensação de sonolência e desorientação. O resultado é a liberação do hormônio cortisol, um dos hormônios do estresse.

A verdade é que somos campeões no quesito distração e isso acontece porque o foco contínuo não existe para o cérebro humano. Estudar demanda muito esforço do nosso corpo e quando nos desconcentramos com algo que gostamos, ele sente prazer e relaxa, logo, retomar a atenção aos estudos fica ainda mais difícil.

Como manter o foco nos estudos

Benefícios de se manter o foco nos estudos

Diante de tudo o que pontuamos a cima, a busca por formas de manter o foco é o primeiro passo para mudar os hábitos na hora de estudar. Seja um estudante de graduação, pré-vestibular, concurso público e até mesmo de ensino fundamental ou médio, a concentração trará muitos benefícios, como:

  • Diminuição do estresse;
  • Aumento da competência;
  • Controle emocional;
  • Produção com qualidade;
  • Melhores resultados/notas.
  • Se você chegou até aqui, viu a importância de se trabalhar a concentração para não ter sérios problemas emocionais e físicos. A seguir, vamos te dar dicas do que fazer para manter o foco e evitar distrações.

Crie um cronograma de estudo

Quando planejamos um cronograma de estudos, podemos visualizar todos os conteúdos a serem estudados e organizá-los de acordo com o grau de importância daquela semana, por exemplo.

Outro ponto que pode ser definido no cronograma de estudo são os horários, ou seja, procure entender em qual período do dia você é mais produtivo e deixe este momento exclusivo para se dedicar às disciplinas.

Um bom planejamento fará com que sua gestão de tempo seja mais saudável, sem atropelos de informações, atrasos ou interferência de outros afazeres. Começar o dia sabendo exatamente o que fazer é o ideal para manter o foco nos estudos.

Como manter o foco nos estudos

Esqueça os aparelhos eletrônicos

É hora de estudar, portanto, desligue ou silencie o celular, tablets e outros aparelhos eletrônicos que não são necessários para o momento. Como falamos a cima, as redes sociais são as maiores distrações e suas notificações devem ficar longe dos seus olhos.

Caso o estudo seja pelo computador, foque apenas nas ferramentas e sites que está usando para este fim. Não abra em momento algum o Facebook e principalmente, o YouTube. Se assistir a um vídeo for inevitável, veja e assim que terminar, feche a plataforma.

Procure escrever à mão

Já que a dica anterior é esquecer os aparelhos eletrônicos, que tal escrever à mão? Além de te ajudar a evitar distrações, o ato de escrever vai fazer com que os conteúdos fixem mais na mente.

Crie o hábito de fazer resumos e anotações em cadernos, pois assim, o cérebro entende melhor as informações e as memorizam com mais facilidade. Aproveitando esta dica, indicamos também o uso de um marca texto. 

Ao destacar os trechos mais importantes do resumo ou do livro que estiver lendo, sua atenção se volta para aquele ponto e quando for reler o conteúdo, seu cérebro se localiza rapidamente e não há perda de foco.

Tenha um local próprio para estudar

O ambiente em que você escolhe para estudar também interfere e muito na sua concentração. Portanto, opte por um local com pouco ou nenhuma distração. Monte em sua casa um cantinho do estudo, de preferência que seja bem iluminado, ventilado, tranquilo e confortável.

Se for possível, não faça dentro do seu quarto, pois ficar próximo a cama pode ser cilada, ainda mais naqueles dias em que você está menos disposto ou de chuva e frio. Com o tempo assim, a cama se torna ainda mais convidativa, não é mesmo?

Organize sua mesa e deixe todos os materiais à disposição, assim, você não perde tempo ao levantar para pegar algo. Outra recomendação, nunca fique próximo de TVs e lugares em que pessoas circulem o tempo todo. Além disso, optar por estudar em uma biblioteca também é uma ótima ideia.

Não extrapole os seus limites

Já que o nosso cérebro não consegue focar por muito tempo em uma atividade é necessário fazer pausas durante o estudo e o método Pomodoro é uma técnica excelente.

Ele consiste em fazer intervalos estratégicos para que você possa descansar sua mente e recuperar as energias. Isso não quer dizer para pegar o celular, afinal, só vai te distrair e te deixar ansioso esperando a próxima pausa.

Não é saudável e muito menos recomendável passar horas e horas estudando sem parar, portanto, respeite seus limites. Ao notar que está muito cansado, mesmo aplicando pausas, permita-se encerrar o ciclo de estudo e fique tranquilo, nem todo mundo está bem todos os dias.

Lembre-se que momentos de lazer também são importantes para a saúde mental e consequentemente para melhores resultados no aprendizado.

O foco no estudo deve ser com qualidade

Estudar exige um grande comprometimento do aluno, mas lembre-se que você é capaz de fazer isso com qualidade. Cada pessoa é diferente, portanto, ajuste essas dicas conforme as suas necessidades.

Feito isso, agora, é só confiar no seu potencial, manter o foco nos estudos e ir atrás do seu objetivo, seja ele qual for. Para melhor a vida e o mundo, o caminho é um só: estudar. Desejamos boa sorte para as provas que virão! 

× Chat